Juntos Vivemos Melhor
Voltar para o blog

Juntos Vivemos Melhor

Como diz aquela famosa frase “As pessoas estão ficando mais ricas e a vida mais pobre. ” Vivemos em uma época totalmente individualista em que as pessoas passam cada vez menos tempo com os amigos e principalmente com a família. Mesmo São Paulo, a cidade mais populosa e conhecida pela distância entre as pessoas, é capaz de mostrar que a união prevalece e é capaz de trazer mais qualidade de vida a todos.

Buscando uma alternativa para ir contra essa “solidão” da selva de pedra, os moradores de um prédio estão recriando a vida como nas cidades do interior.
João Guilherme, 32 anos, mora em um apartamento de 42 metros quadrados em São Paulo há um ano e meio. Morando sozinho, João não apenas melhorou a relação com os pais, mas descobriu um novo mundo ali mesmo no prédio, onde 80% dos moradores moram sós.

“A galera ficou ‘brother’ muito rápido, e se formou uma galera, aí o pessoal desce para a piscina, combina de sair junto. E aí começaram a nascer outras coisas, por exemplo, tem um cara aqui, o Paulo, um dos vizinhos, o cara tem uma geladeira cheia de cerveja, cerveja e outras coisinhas. Você liga pro cara e manda uma mensagem e o cara vem e te entrega”, conta João.

“É o meu trabalho agora. Fiquei desempregado no ano passado, o pessoal aqui já vendia coisa quando eu mudei. Falei, ‘ah, vou aproveitar a oportunidade’”, conta Paulo, que é exceção no prédio dos sozinhos. Mora com o companheiro e um amigo.

Apesar da curtição, a vida independente exige uma série de obrigações, João Guilherme está aprendendo mas se ele precisar, tem a chefe de cozinha Letícia, apenas três andares abaixo. Ela é a salvação de muitos vizinhos. Prepara marmitas, que vende ali mesmo no prédio.

A rotina de Letícia é bem pesada: Ela sai à meia noite do trabalho no restaurante de um hotel. Dependendo dos pedidos dos vizinhos, ela faz as compras durante a madrugada e cozinha até a manhã do dia seguinte.

Mas essa onda da “boa vizinhança” também pode ser uma boa oportunidade de negócio. A empresa Feira Premium, criada por Rafael Pinto Silva, 33, em São Paulo, organiza feiras livres dentro de condomínios fechados, exclusivas para seus moradores. Além das barracas tradicionais de frutas, verduras e pastel, também existem outras opções, como churrasco, chope e sorvete frito.

De segunda a sexta-feira, as feiras eles funcionam das 17h às 21h, para atender quem chega mais tarde em casa. No final de semana, o horário é das 10h às 14h. Para montar a empresa em 2008, o investimento inicial foi de R$ 70 mil. No ano passado, o faturamento foi R$ 100 mil, e o lucro, R$ 30 mil.

"A ideia surgiu após participar de uma feira de artesanato com minha barraca de massas, salgados e queijos em um condomínio fechado. Então, fui atrás de feirantes parceiros que ofereciam outros tipos de produtos e negociei com o com o síndico do local. Foi um sucesso e comecei a montar em outros condomínios", relata Silva, que ainda participa das feiras com sua barraca.

A empresa tem cerca de 80 feirantes parceiros. Cada um paga por feira uma taxa que varia de R$ 40 a R$ 80 (o valor depende do tamanho da barraca e do tipo de negócio). O feirante parceiro pode participar de quantas feiras quiser.

A empresa tem mais três sócios e teve um crescimento significativo. No ano passado atendia 38 condomínios e hoje atua em 62 condomínios na capital paulista, na Grande São Paulo e em algumas cidades do interior do Estado de São Paulo, como Jundiaí, Sorocaba, Atibaia, Campinas e Paulínia.

Outros posts

  1. Noro Imóveis: cada vez mais online, cada vez mais próxima

    Noro Imóveis: cada vez mais online, cada vez mais próxima

    Trabalhar com venda de imóveis é realizar sonhos. Ao pensar na nova casa, no futuro, nas múltiplas possibilidades de como viver, buscamos inspiração em vários lugares. Nas nossas memórias...

  2. Cadê a Bolha?

    Cadê a Bolha?

    Nos últimos dias, tenho sido questionado por amigos, clientes, colegas e parceiros referente a um alerta feito pelo Nobel de economia Robert Shiller sobre a formação (e estouro) da chamada Bolha...

  3. Soluções para cozinhas pequenas

    Soluções para cozinhas pequenas

    Todo mundo adora ficar na cozinha conversando com os amigos, principalmente se for na hora do preparo daquela refeição deliciosa. Pensando nisso, algumas decorações são especialmente criadas...

Centro - Santa Maria/RS

Vendas
55 3223-0950
Locações
55 3217-4917
Plantão de Vendas
55 99977-1229
Plantão de Locações
55 99960-0950

Centro - Santa Maria/RS

Plantão de Vendas
55 99977-1229
Plantão de Locações
55 99960-0950